Menu > Catálogo > ESPAÇO, CORPO DO TEMPO: A construção geográfica da sociedade. Autor: RUY MOREIRA

 

ESPAÇO, CORPO DO TEMPO: A construção geográfica da sociedade

RUY MOREIRA

 

Sobre o livro: 

Ler o mundo, descrevê-lo, deixar transparente seu significado, desvelar o segredo de suas entranhas é o projeto histórico da Geografia. E nesse plano há que ressaltar o lugar seminal e de fundamento dos clássicos.

Os clássicos são o ponto de contato necessário do passado e do presente. O momento que consolida o formato da ciência que nasce no passado e garante no presente que novas formas se façam sem que se perca a necessária identidade. A bússola que faz que o navio que saiu do porto claro não perca o rumo e chegue inteiro e incólume ao porto seguro.

  A geografia clássica tem esse feitio. Ela carrega toda a história que a compreende ao tempo que porta toda a bagagem de ideias e conceitos que leva a Geografia a seguir para frente. É, todavia, um universo maior que este que o leitor vai ver neste livro. Há uma geografia clássica que se tem seu brilho entre franceses e alemães ? centramos este livro nos primeiros ? no entanto transcende seus acanhados limites. Se cabe falar de Reclus, Vidal, Brunhes, Sorre, entre aqueles, e Richtofen, Hettner, Troll, Schluter, entre estes, há que perguntar-se onde entra Carl Sauer nessa lista.

Há, entretanto, mais o propósito de vislumbrar o ângulo da visada que reportar os pensadores que devem e valem compor esse vasto elenco. Ver como e por quais categorias a construção geográfica das sociedades ? o grande tema, afinal, da natureza e propósitos da Geografia, parodiando o clássico desse outro clássico que é Hartshorne ? é vista. O cerne lógico que orienta os olhares. As janelas ? estas, numerosas ? por onde estes dão conta do mundo.

 

Sobre o autor:  

RUY MOREIRA, graduado e mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutor em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP), é professor do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação (mestrado e doutorado) em Geografia da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do mestrado em Geografia da Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FFP-UERJ), e professor-visitante do mestrado em Geografia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). É autor de artigos e livros voltados para o cruzamento da pesquisa teórica e da pesquisa da forma de organização geográfica concreta da sociedade brasileira, por meio do qual o conhecimento leve a elucidar o modo de determinação espacial da sociedade brasileira de que analistas e intérpretes pouco ou nada se têm ocupado. De que fazem parte O Movimento Operário e a Questão Cidade-Campo no Brasil, publicado em 1985 pela Editora Vozes, reeditado em 2013 em versão revista e atualizada pela Consequência Editora, Formação do Espaço Agrário Brasileiro, publicado em 1990 pela Editora Brasiliense, Sociedade e espaço geográfico no Brasil, publicado em 2011 pela Editora Contexto, A Formação Espacial Brasileira ? Uma contribuição crítica à geografia do Brasil, e Mudar para manter exatamente igual também pela Consequência Editora.  

 

FICHA TÉCNICA:

CONSEQUÊNCIA EDITORA

ASSUNTO: GEOGRAFIA

IDIOMA: Português        

FORMATO: Brochura

TAMANHO: 23,0 x 16,0 cm

EDIÇÃO: 1ª ? 2019

PÁGs. 280

LOMBADA: 1,4 cm

ISBN: 9788569437680

 

PagSeguro (Boleto ou Cartão)
1
X
50,00
Retirar no local: Consequencia Editora
1
X
50,00
X
Seja Bem-vindo!
Cadastre-se. Receba novidades, ofertas e cupons.
Desenvolvido por Lojas Virtuais BR